Porque o sofrimento… Paul Brunton

Calmamente reconheça que o sofrimento tem sua parte na tarefa de manifestar o plano divino, que as pessoas têm lições a aprender por meio dele que de outra forma não aprenderiam, e que esse sofrimento deveria, em tais casos, ser recebido com compreensão em vez de sentimentalismo neurótico.

Encare o fato de que muitas pessoas não aprenderão por meio da razão, intuição ou ensinamento e que ninguém pode libertá-las de seus sofrimentos a não ser elas mesmas. Qualquer outro tipo de libertação é falso. Muitos podem conseguir isso hoje e ver a mesma condição retornar amanhã.

Em certas situações que exigem decisões firmes, você não deveria, por exemplo, demonstrar injustificável fraqueza acreditando estar sendo tolerante, nem submeter-se ao egoísmo anti-social supondo estar sendo amoroso, nem abandonar suas maiores responsabilidades sob pretexto de manter uma paz falsa e superficial com a ignorância que o cerca, nem passivamente aceitar um erro flagrante com a justificativa de que a vontade de Deus deve sempre ser aceita.

Paul Brunton
Meditações Para Pessoas Em Crise

mais de Paul Brunton em http://diariosobrepaulbrunton.blogspot.com.br

Diante de situações de extrema agitação

“Diante de situações de extrema agitação, lembre-se de permanecer calmo. Quando em presença do feio, pense no belo. Quando outros manifestarem sua animalidade e brutalidade, demonstre refinamento e bondade. E, o que é mais importante, quando tudo a seu redor parecer negro e sem esperança, lembre-se de que nada pode extinguir a luz do Eu Superior e de que ela irá brilhar novamente, tão certo como a primavera sucede ao inverno.”

Paul Brunton

Meditações para Pessoas Que Decidem

fonte http://diariosobrepaulbrunton.blogspot.com.br/

O ego e o Eu Superior – Paul Brunton

O ego e o Eu Superior

O que é o ego? O ego é a pessoa que consideramos ser. Na realidade, o ego é um conjunto de pensamentos, sentimentos, imagens, memórias, hábitos conscientes e inconscientes, incluindo a experiência física, emocional e mental, iluminado pela consciência.

Quando o ego se considera a pessoa real, temos então o problema que PB chama de egoísmo. O egoísmo é o pensamento firmemente mantido do eu pessoal como o ser real, e a resultante separação entre o ego e o Eu Superior. Esta confusão de identidade não é apenas um problema de pensamento, é um profundo hábito mental mantido emocionalmente. Continuar lendo O ego e o Eu Superior – Paul Brunton

RESULTADOS DO DESTRONAMENTO DO EGO

Na proporção em que ele se livre do domínio do ego, se livrará da autoconsciência com sua vaidade ou timidez, seu nervosismo ou ansiedade.
Como um eu altamente personalizado competindo com outros eus, só poderá existir uma interminável fricção e uma intermitente ansiedade. Como um eu impessoal que habita no eterno Agora, não haverá com quem competir ou nenhum evento pelo qual competir.

Continuar lendo RESULTADOS DO DESTRONAMENTO DO EGO

O Que é a Meditação ? – Paul Brunton

A meditação se eleva ao seu nível apropriado quando o que medita só pense sobre a relação ou aspiração existente entre si mesmo e o Eu Superior; e elevar-se-á ao seu nível mais supremo quando elimine mesmo tais ideias e ele não pense em mais nada a não ser no Eu Superior.

Esta arte da meditação, em síntese, é uma questão de se chegar a profundidades cada vez maiores dentro de si mesmo até que se penetre por trás do ego dentro do puro ser.

Continuar lendo O Que é a Meditação ? – Paul Brunton

A Meditação No Mundo Moderno – Paul Brunton

A MEDITAÇÃO NO MUNDO MODERNO – Paul Brunton

Antigamente se fazia da prática da meditação uma parte vital da vida diária. Nas mais antigas culturas ela era iniciada com o culto matinal do Sol. O Sol era apenas o símbolo da Grande Luz que o homem esperava encontrar dentro de si mesmo.

Porque temos nos esquecido de procurar internamente a iluminação, estamos perdidos nas trevas espirituais. Considerai a sempre crescente pressa e distração da vida moderna. Deus não é apenas negado, mas principalmente impedido de entrar.

As poucas vozes que ouvimos no mundo de hoje, as terríveis vozes da paixão cega e ódios cruéis, da irritabilidade, disputa e incompreensão, são as vozes de homens que nunca se voltarão para o interior, que perderam o entendimento de suas relações com a alma divina.
Continuar lendo A Meditação No Mundo Moderno – Paul Brunton

Técnica de relaxamento autocuradora

Técnica de relaxamento autocuradora

Reserve pelo menos de vinte a trinta minutos para esta prática todos os dias, mas você deveria continuar por um período muito mais longo se o desejo ou a capacidade para isso surgir.

Continuar lendo Técnica de relaxamento autocuradora