Paciência e pressa – Dalai Lama

A paciência é a maior defesa que um sujeito pode desenvolver, diz o Dalai. Ela serve para que tudo seja colocado no seu devido lugar antes de se tirar conclusões ou fazer julgamentos.

Às vezes é preciso ficar em silêncio, recuar antes de voltar à cena e dar um passo adiante.

Paciência, no entanto, para o Dalai, não é omissão. É a determinação do tempo ideal para cada coisa. É o sujeito saber tratar do seu inimigo interior antes de lidar com as adversidades externas. Trata-se de um conceito difícil de entender pois a cultura ocidental cultua a pressa. É fato que as pessoas vivem cada vez em maior velocidade, comem cada vez mais rápido. É como se estivéssemos todos, você e eu inclusive, em busca de algo que nunca vem. Fazer o maior número de coisas no menor espaço de tempo virou sinônimo de eficiência. Sujeitos entre nós que se mostrem tranquilos e pacientes são considerados omissos e passivos.

Para o Dalai, no entanto, paciência é compreender que as melhorias gradativas são as verdadeiras e que as mudanças rápidas não passam de fachada.

Dalai Lama

Professor de paciência

Existe uma história famosa de quando Atisha foi ao Tibete e levou consigo um cozinheiro indiano. Esse cozinheiro nunca seguia suas instruções e sempre retrucava. Os tibetanos disseram a Atisha, “Por que não o manda de volta para a Índia? Podemos cozinhar para você” e Atisha disse, “Não, não! Ele não é apenas o meu cozinheiro; ele é meu professor de paciência”.

Mais em: http://studybuddhism.com/pt/budismo-tibetano/treinamento-da-mente/o-que-e-o-treinamento-da-mente/a-autotransformacao-atraves-do-treinamento-da-mente

O poder da paciência

Paciência é a habilidade de repousar confortavelmente no momento presente. Quando você desenvolve essa habilidade está preparado para a vida toda.

Desenvolver a paciência requer prática. Ser paciente não é um processo passivo, exceto quando ocorre naturalmente. Quando estamos contentes somos naturalmente pacientes. Quando percebemos que estamos caindo em descontentamento então praticamos paciência ativamente. Podemos praticar a paciência a qualquer hora ou lugar. Podemos praticar com nossos amigos, colegas de trabalho, família, professores e conosco. Sempre existe um momento presente para nós praticarmos encontrar o contentamento.

O tempo é uma constante de ir e vir, de surgir e desaparecer. Antes de algo surgir podemos antecipar isso com excitação ou temor. Assim que passa podemos lembrar com carinho ou pesar. Quando está aqui, vivemos isso. Paciência é a prática de não julgar o momento presente e observar o que está acontecendo. Quando esperamos por algo com excitação, ser paciente é saborear essa antecipação, tendo fé que esse evento ocorrerá no momento dele. Quando estamos antecipando algo com temor, praticar a paciência é sentir o medo sabendo que esse medo não está realmente ocorrendo, que as coisas podem não acontecer como imaginamos e sabendo que ficaremos bem, não importa o que aconteça. Nós ficaremos bem porque sabemos como praticar a paciência.

Paciência não é somente ficar esperando por algo. Isso é viver no futuro. Paciência é estar no lugar que está. Se as coisas não estão como gostaríamos, praticamos paciência e fazemos o que estiver ao nosso alcance para construir contentamento. Quando os outros estão agindo de maneiras que nos causam angústia, praticamos paciência com eles. Se eles estão sem paciência, praticamos paciência para eles. Se nós é que estamos nos sentindo desconfortáveis, praticamos paciência conosco. Nós observamos nossa situação, observamos nossos sentimentos, adiamos nosso julgamento e ficamos pacientes. Contentamento virá no seu momento certo, porque conseguir criar ele. Paciência.

Traduzido com autorização do autor http://zenmister.tumblr.com/post/148568200486/the-power-of-patience

A paciência agindo na mente

A paciência produz clareza na mente nublada e perturbada pela sujeira mental. Praticar a paciência lhe ajuda a desenvolver esse hábito de acalmar a mente e tornar-se mais paciente. Práticas realizadas diariamente se transformam em hábito, um forte hábito com o tempo fica automático.

paciencia
fonte: http://thelazyyogi.com/post/139913579409/lazyyogi-patience-brings-clarity-to-muddy-water