O passado não consegue sobreviver diante da presença – Eckhart Tolle

O passado não consegue sobreviver diante da presença

P: Você disse que pensar ou falar sobre o passado é um dos caminhos pelos quais evitamos o presente. Mas, além do passado do qual nos lembramos e com que talvez nos identifiquemos, não existe um outro nível de passado dentro de nós mais enraizado? Falo sobre o passado inconsciente, que condiciona nossas vidas, em especial as experiências dos primeiros anos da infância, até mesmo as experiências de vida passada. Existem também os condicionamentos culturais, tão relacionados ao lugar e ao período histórico em que vivemos. Todas essas coisas determinam o modo como vemos o mundo, o que pensamos, que tipo de relacionamentos mantemos, como vivemos. Como poderíamos nos livrar disso tudo? Quanto tempo isso levaria? E se conseguíssemos, o que restaria?

Continuar lendo O passado não consegue sobreviver diante da presença – Eckhart Tolle

Culpa, o passado e os pais

SEUS PAIS

Seus pais estavam fazendo alguma coisa porque eles foram ensinados a fazer essas coisas. Eles foram criados por pais também, não vieram diretamente do céu. Então, qual é a razão de jogar a responsabilidade no passado? Isso não vai ajudar a resolver qualquer problema. Vai ajudar apenas a aliviá-lo da culpa. Essa é a parte boa, a parte benéfica da psicanálise. Aliviá-lo da culpa. E a parte prejudicial é que não faz você se sentir responsável. Eu vou ensinar a você responsabilidade.
O que quero dizer com responsabilidade? Você não é responsável por seus pais, não é responsável por nenhum Deus, não é responsável por nenhum padre ou similar – você é responsável por seu ser interior. Responsabilidade é liberdade! A responsabilidade é a idéia de que “eu tenho que pegar as rédeas da minha vida em minhas próprias mãos. Chega de meus pais, tudo o que eles podiam fazer eles fizeram, bom e ruim, eles fizeram ambos. Agora eu me tornei uma pessoa madura. Eu devo assumir tudo em minhas próprias mãos e começar a viver do jeito que as coisas surgem para mim. Eu devo dedicar toda a minha energia para a minha vida agora”. E logo você vai sentir uma grande força que chega até você.
A culpa faz você se sentir fraco. A responsabilidade faz você se sentir forte. Responsabilidade dá a você o coração de novo, a confiança.
Osho, Walk without Feet, Fly without Wings and Think without Mind, Talk #2

Superando o passado

A melhor forma de superar o passado é focar intensamente no presente. Se sua mente está sofrendo devido eventos do passado, jogue fora sua mente. Para jogar fora sua mente jogue fora todas as suas opiniões, julgamentos, crenças e somente vivencie o que surgir na sua frente. Faça uma respiração profunda, encha seus pulmões o máximo que puder e segure esse ar por alguns segundos e então gentilmente deixe todo esse ar sair. Faça isso 3 vezes. Agora, você está no momento presente. Não existe passado, nem futuro. Nesse momento, você é perfeito como é. Passe alguns momentos sem sua mente. Se pensamentos surgirem, expire eles com sua respiração. Não escute esses pensamentos, não julgue, somente expire eles. Faça a respiração novamente.

Respirar com atenção plena, observar seus pensamentos, observando cheiros, a visão, os sentimentos que surgem, você pode lidar com tudo isso que surge na sua frente. Se o que surgir a seguir é culpa ou algo do passado que machuca, você pode lidar com isso. Observe o que os pensamentos são, observe o que os sentimentos são. Não classifique nada disso como bom ou ruim, somente observe e deixe eles irem embora. Você continua perfeito. Perfeitamente calmo.

Isso parece uma meditação, e é. Esse é o estado da mente quando você está no momento presente. As 3 respirações profundas são como um alívio emergencial. Essa respiração consegue lhe trazer rapidamente de volta ao momento presente. Pelo resto da sua vida você pode usar sempre que precisar, mas normalmente você pode retornar ao momento presente observando sentimentos, emoções, humores, ou sensações físicas. Quando perceber essas sensações pode expirar o próximo pensamento e tornar-se perfeito novamente, abandonado seu passado e a salvo do futuro.

Se você praticar isso com consistência, poderá visitar seu passado com confiança e em segurança se precisar. Ele não mais assombrará você como antes. Ele já não é mais você.

Getting Over the Past

Traduzido de Zen Mister com autorização do autor