Os pensamentos positivos libertam substâncias químicas

Por isso, acrescentou, o pensamento positivo “leva a uma sobrevivência maior” que vai até “sete anos e meio“.

O investigador afirmou ainda que “as pessoas que já experienciaram situações de medo e que conseguiram resolvê-las têm capacidade de sobrevivência maior“. O fenômeno deve-se à “capacidade para ultrapassar o medo”.

José Pinto da Costa lamentou que “exista muito preconceito contra o medo e contra as pessoas com medo”.

Não se integra as pessoas na sua circunstância. As pessoas, às vezes, têm medos exagerados por uma questão de aprendizagem. Os primeiros dois anos (de vida) são cruciais para o desenvolvimento da estruturação da personalidade e, se calhar, foram os pais e a sociedade que lhes incutiu a estruturação de futuros medos“, afirmou.

Trecho do artigo completo em: https://portaldobudismo.org/2017/07/05/pensamento-positivo-aumenta-tempo-de-vida/